O que não pode faltar no seu site jurídico

O que não pode faltar no seu site jurídico

Não há dúvidas de que, para se destacar no mercado atual, é preciso ter um site jurídico de qualidade. Essa premissa é válida em todas as áreas e, no Direito, não é diferente. Afinal, hoje, todo mundo está na internet, inclusive o seu cliente.

Um site jurídico é, muitas vezes, a porta de entrada do seu escritório. É por meio dele que o cliente terá a primeira impressão sobre você, sobre sua competência profissional e saberá se você é ou não o advogado(a) que ele busca.

Por isso, mais do que ter somente um apanhado de informações, é preciso que o seu site jurídico converse com o seu potencial cliente e que faça ele ter a melhor impressão de você como profissional. 

Site jurídico cartão de visita x site gerador de conteúdo

Não é tão simples planejar um site jurídico que cumpra, eficientemente, as funções de informar e atrair potenciais clientes. Existes muitos sites, aliás, que parecem, basicamente, “cartões de visita” online, pois só trazem nome, área de atuação e formas de contato do escritório. Esse tipo de site jurídico perde muito em eficácia, visto que ele não conversa com o cliente e nem mostra todas as competências profissionais dos advogados daquele escritório.

O oposto disso é um site jurídico gerador de conteúdo, que forneça, claro, as informações de contato do escritório, mas que não seja somente isso. É aquele site com uma linguagem acessível, visualmente agradável, intuitivo e que tenha conteúdos de qualidade, que seja facilmente encontrado na internet e que tire todas as dúvidas do visitante. 

O que não pode faltar no seu site jurídico 

Mas como fazer um site jurídico que atraia e que conquiste os visitantes? Confira, a seguir, algumas funcionalidades básicas que não podem faltar:

Quem somos

Nem todos os advogados percebem a importância de colocar a aba “Quem somos” em seus sites jurídicos. Mais do que um espaço para falar quando o escritório foi fundado, sobre a estrutura e time de colaboradores, nela, pode-se falar sobre a filosofia e os valores do escritório.

Isso é importante, pois muitas pessoas podem se sentir inseguras na contratação de um advogado para cuidar de algum problema, e quando o escritório expõe seus valores e o potencial cliente se identifica com eles, há mais chances de uma relação profissional ser estabelecida. 

Área de atuação

Ter um espaço reservado para falar em detalhes sobre a área de atuação, com exemplos de matérias nas quais o escritório possui experiência prática, também é fundamental. Afinal, muitas pessoas não têm certeza qual é a área do Direito que resolve determinada questão. Com um espaço dedicado somente para falar disso, o visitante saberá se o escritório poderá ou não solucionar o seu caso. 

Especializações dos profissionais

Depois de conferir se o escritório atua na área que ele busca, o potencial cliente também vai querer saber mais sobre os profissionais que poderão cuidar de seu problema. É aqui que entra a necessidade de um espaço que aborde as especializações dos advogados.

Vale lembrar que existem formas atrativas de expor o currículo de cada um, seja fazendo um filtro do que realmente é relevante para o cliente saber, seja por meio de uma linguagem menos engessada, seja por meio de um design mais moderno. Aqui, o importante é o visitante conseguir visualizar quem são os profissionais e o trabalho de qualidade que eles poderão desempenhar. 

Notícias

Trazer um espaço para colocar as notícias relacionadas à área de atuação do escritório gera maior credibilidade. Esse espaço mostra que os profissionais estão atualizados com o que está acontecendo no meio jurídico. Podem ser desde notícias sobre novas regulamentações, artigos com o ponto de vista de juristas com os quais o escritório se identifica até notícias sobre o próprio escritório ou profissionais que ali atuam.

Com tudo isso, o visitante do site terá a certeza de que aquela equipe de profissionais está totalmente atualizada e preocupada em se manter à frente no entendimento de novas leis. 

Site jurídico - notícias

Blog 

Mais importante ainda do que selecionar notícias na internet é a publicação de artigos próprios em um blog do escritório. Esse blog pode ser uma aba dentro do próprio site e é nele que os visitantes vão encontrar as respostas de muitas dúvidas sobre o que é possível fazer ou não em determinada situação que necessite de auxílio jurídico.

Textos de qualidade escritos por colaboradores do próprio escritório somente reforçam o quanto aqueles profissionais entendem sobre a área em que atuam, e na hora de contratar um advogado para solucionar um problema, a capacidade do profissional e a confiança que ele passa são fatores fundamentais para um cliente fechar negócio. 

A importância de um blog no seu site jurídico

Quando se trata de produção de conteúdo próprio, vale ressaltar que os benefícios vão além de conquistar a confiança de um potencial cliente. Por meio de artigos exclusivos para blog, inúmeros visitantes podem encontrar seu escritório na internet ao fazerem alguma busca no Google.

Claro que, para isso, é preciso encontrar uma forma de destacar os textos do seu escritório dos milhares de textos de outros escritórios que existem online. E a forma mais eficiente de fazer isso é:

  • Escrever conteúdos de qualidade: de nada adianta só jogar um monte de informações que não serão, verdadeiramente, úteis para quem encontrou aquele texto. É preciso que o artigo seja bem estruturado, que siga uma boa linha de raciocínio, que seja completo e que solucione as dúvidas de quem o ler.
  • Direcionar o texto para o público-alvo: quem encontrar o texto também precisa entender o que quer dizer. No mundo jurídico, muitos são os termos técnicos e formas de construção de frases que podem dificultar ou, até mesmo, impedir a compreensão de um texto por uma pessoa que não faz parte desse meio. É preciso saber para quem se quer falar e utilizar uma linguagem que será compreendida.
  • Utilizar técnicas de rankeamento: por meio de técnicas específicas de Search Engine Optimization (SEO), é possível fazer o texto ficar nas primeiras páginas de busca do Google. Assim, quando alguém pesquisar algo relacionado a um texto que o seu escritório já publicou, a chance de o visitante ir parar no seu site é maior. Essas técnicas envolvem: escolha de boas palavras-chave, links direcionando para outros materiais, criação de títulos e subtítulos fortes, entre vários outros fatores. 

A experiência do usuário no site 

Outra questão importante quando se trata de site jurídico diz respeito à experiência que o usuário terá ao acessar determinado endereço. Afinal, ninguém gosta de entrar em uma página que não seja agradável visualmente e complicada de entender.

Ou seja, o site deve ter um design preferencialmente com poucos elementos, não ter anúncios e ser leve no carregamento (sem imagens com tamanho excessivo ou vídeos desnecessários). Também deve ser responsivo, o que significa que precisa ser preparado para o acesso em outras plataformas, como celulares ou tablets.

Para finalizar, o site precisa ser intuitivo. A disposição dos elementos deve seguir uma linha lógica e todas as informações devem ser fáceis de serem encontradas, sem que o visitante precise ficar procurando por páginas e mais páginas o que busca. 

Com tudo isso, você deve ter percebido que construir um site que seja eficiente não é assim tão simples, mas, com certeza, o retorno que uma página bem construída traz pode deixar o seu escritório muito à frente daqueles “cartões de visita” online que estão por aí.

Por isso, vale investir em um bom treinamento para montar o seu site ou, até mesmo, contratar profissionais para isso. O mesmo vale para a criação dos conteúdos do seu blog: ou os advogados do escritório investem em conhecimento e dedicam algumas de suas horas para escreverem textos de qualidade, que atraiam mais visitantes para o site, ou a solução pode ser contratar uma empresa especializada nisso, que garanta materiais de qualidade.

Afinal, um site jurídico bem estruturado, com conteúdos bem escritos e que realmente atenda às necessidades e dúvidas do potencial cliente do seu escritório pode render muitos bons futuros contratos.

Se você gostou deste conteúdo, aproveite para conferir 5 dicas que você precisa saber para começar seu blog jurídico e se destaque da concorrência na internet!

Deixe uma resposta