Vantagens de terceirizar a produção de conteúdo jurídico

Vantagens de terceirizar a produção de conteúdo jurídico

Você já considerou terceirizar a produção de conteúdo jurídico do seu escritório de advocacia? Se você está consciente da necessidade de aplicar as estratégias de Marketing de Conteúdo Jurídico ou mesmo se já está produzindo materiais, parabéns!

Você faz parte de um grupo ainda muito pequeno de profissionais do Direito que já estão antenados nessa necessidade e que, certamente, terão mais destaque e crescimento nos próximos anos.

Agora você deve se preparar para os inúmeros desafios decorrentes da produção de conteúdo jurídico, tanto aqueles relacionados ao aprendizado de marketing quanto aqueles voltados à prática, ao cotidiano do escritório que passa a investir nessa estratégia. Por isso, pensar em terceirizar esse trabalho pode ser uma boa ideia.

Afinal, entre esses desafios, estão, por exemplo: a produção de textos para o seu blog, a produção de materiais ricos personalizados (como e-books e infográficos), o gerenciamento de tráfego do seu site, o desenvolvimento de estratégias para aumentar o número de assinantes da newsletter, ganhar autoridade e educar seu público-alvo, etc.

Neste artigo, nós vamos falar quais os desafios de produzir internamente os materiais de marketing e por que terceirizar a produção de conteúdo jurídico pode ser uma boa opção para o seu escritório. Confira!

Produção interna de conteúdo jurídico

Ao dar início à produção de conteúdo jurídico, é possível que você decida designar colaboradores do seu próprio escritório de advocacia para criar um site, escrever os textos do blog, alimentar as redes sociais e enviar as newsletters, por exemplo.

Os sócios, os associados e, quem sabe, até os estagiários podem assumir papéis na produção de conteúdo jurídico, desde o planejamento da estratégia, passando pela identificação da persona e palavras-chave, até a efetiva publicação de textos, imagens e vídeos no blog e nas redes sociais.

Isso é totalmente possível e viável, desde que você tenha uma visão bem clara dos objetivos do escritório a curto e longo prazo. Além disso, deve-se estar certo sobre a qualidade dos materiais produzidos e sobre o fluxo de produção, para manter a periodicidade das postagens de forma contínua.

Fique atento!

A maior vantagem da produção interna é usufruir da expertise dos colaboradores do escritório, como os advogados sócios ou associados, especialmente em relação aos conteúdos voltados à intenção de contratação dos serviços pelos leads.

Isso porque a fase de fechamento de contratos é a mais delicada e cada escritório possui sua própria tática de fechamento, condições da prestação de serviços e dos honorários. Nesse ponto específico, os conteúdos produzidos internamente pelo escritório, provavelmente, serão muito bem qualificados e certeiros.

De toda forma, sempre fique atento aos custos da produção interna. Ao designar, por exemplo, seus advogados associados para a produção de conteúdo jurídico do escritório, tenha em mente qual é o valor da hora de trabalho desse profissional, some com o potencial lucro que o trabalho dele pode gerar ao escritório e, por fim, compare com o tempo gasto por ele para aprender e aplicar o Marketing de Conteúdo Jurídico.

Caso o colaborador interno possa render mais lucros ao se dedicar, exclusivamente, a suas atividades principais, considere terceirizar a produção de conteúdo jurídico de seu escritório.

Quais as vantagens de terceirizar a produção de conteúdo jurídico?

Terceirizar a produção de conteúdo jurídico do seu escritório de advocacia, além de ser possível e viável atualmente, deve ser considerado sempre que a produção interna de conteúdo não esteja em harmonia com os objetivos do escritório.

Busque sempre alinhar os objetivos de crescimento do escritório com as estratégias de marketing e, ao fazer isso, leve em consideração as principais vantagens de se terceirizar a produção de conteúdo jurídico com uma empresa especializada. São elas:

Tempo para produzir e postar os materiais

Estudar as técnicas do Marketing de Conteúdo Jurídico, produzir materiais otimizados e postar tudo regularmente requer dedicação, e isso lhe tomará um tempo precioso.

Terceirizar a produção de conteúdo jurídico lhe devolverá esse tempo e, assim, você poderá usufruí-lo de forma muito mais vantajosa em seu escritório de advocacia.

Periodicidade das postagens

Uma empresa especializada na produção de conteúdo jurídico contará com uma equipe de colaboradores que irão se dedicar totalmente na produção e postagens dos materiais do seu escritório.

Com isso, a periodicidade das postagens estará garantida e isso terá como resultado um melhor engajamento do seu público-alvo e mais conversões.

Planejamento de posts

Uma das etapas mais delicadas da produção de conteúdo é o planejamento dos posts. Caso você tenha, por exemplo, identificado a persona errada ou caso utilize uma linguagem textual ou visual que não atraia o seu público, todo o esforço e materiais postados terão sido em vão.

Por isso, terceirizar a produção de conteúdo jurídico aumentará muito suas chances de realizar, desde o começo, um planejamento melhor estruturado e certeiro, com a expertise de uma empresa especializada.

Vantagens de terceirizar a produção de conteúdo jurídico

Linguagem acessível ao público-alvo

Todos os advogados e advogadas sabem bem o que significa “litispendência”, “competência relativa” e “quantum debeatur”, porém, raramente o público-alvo do escritório estará familiarizado com essas palavras e expressões que pertencem ao mundo jurídico.

Uma empresa terceirizada, que saiba traduzir todos os conceitos jurídicos para uma linguagem acessível e atrativa para seu público-alvo irá aumentar muito as suas chances de atração, engajamento e conversão.

Aumento da produtividade do escritório

Dependendo dos objetivos do escritório e da estratégia de marketing utilizada, o ato de designar colaboradores internos para a produção de conteúdo jurídico poderá prejudicar toda a produtividade.

Na verdade, a produção interna pode acabar indo na contramão dos objetivos do escritório, pois, se o propósito do marketing é aumentar o número de clientes, seus colaboradores terão mais trabalho para atender. Logo, a produtividade do escritório será prejudicada pelas postagens ou as postagens serão prejudicadas pelos novos trabalhos.

Terceirizar a produção de conteúdo jurídico do seu escritório contribuirá para o aumento da produtividade em harmonia com o aumento do número de clientes, ou seja, confiar a produção a uma empresa especializada lhe garantirá a boa execução de todas as tarefas envolvidas e, assim, será muito mais fácil atingir as metas de crescimento do escritório.

Produção interna e terceirizada combinadas

Quando se trata de estratégias de marketing de conteúdo jurídico e sua execução, não existe receita de bolo. É necessário encontrar o que melhor se aplica ao seu próprio escritório, fazer testes e investir em táticas diferentes.

Não se pode afirmar que apenas a produção interna é suficiente e, da mesma forma, pode não ser suficiente apenas terceirizar a demanda.

Por isso, dependendo de cada escritório, uma ótima estratégia também pode ser combinar a produção interna com a terceirizada.

Você pode, por exemplo, delegar para a sua equipe interna apenas os conteúdos mais aprofundados e específicos ou, ainda, aqueles que sejam direcionados para a contratação, pois é aí que sua equipe poderá, em alguns casos, ser tão eficiente quanto uma empresa terceirizada.

Enquanto isso, por exemplo, a empresa terceirizada poderá ficar responsável pela produção de conteúdo jurídico mais amplo, voltado a educar e informar seu público-alvo, aumentar o fluxo de visitantes no site do seu escritório e melhorar o engajamento dos seus prospectos.

É certo que o marketing de conteúdo jurídico funciona e traz resultados incríveis, especialmente a longo prazo. Por isso, ao produzir conteúdo jurídico, busque encontrar sua medida perfeita, combinando a experiência do seu escritório com os conhecimentos específicos de uma empresa especializada.

Gostou deste artigo sobre as vantagens de terceirizar a produção de conteúdo jurídico do seu escritório? Se você quer aprender mais sobre o assunto, confira o nosso blog!

 

Deixe uma resposta